Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativas

Fosse eu apenas seria brando, na que escreve não tenho mão.

Narrativas

Fosse eu apenas seria brando, na que escreve não tenho mão.

Tempo atrás de tempo, que dá lugar ao tempo que há-de vir...

18.05.22, Maria Soares

 

Viver com pressa nos impede de “viver” - A Mente é Maravilhosa

 

Não há passado, presente, nem futuro. Há tempo! E lidar com ele conforme se consiga e ele permita. Depois, tudo passa. Alcança-se o descanso das tantas batalhas que perdemos e que ganhámos. 
Atrás do tempo que define hoje, está tempo! Tempo e nada mais que tempo. Tempo é tudo que nos dão, com prazo de validade. 
Atravessamos o tempo como quem cruza um rio. De uma margem à outra, reboliço no meio.  Possíveis bancos de areia, onde não convém encalhar, esperando nunca ficar à margem de nós mesmos.
Não há passado, presente, nem futuro! Tempo é tudo o que há e não se esgota. Embora voe tão rápido... que nos de(s)compõe.